Novo programa de imigração para comunidades rurais e do norte

O governo do Canadá revelou um novo programa piloto de imigração que ajudará as comunidades rurais e do norte de Ontário, Canadá Ocidental e Canada’s three territories a atrair e reter trabalhadores estrangeiros qualificados.

O programa piloto de Imigração Rural e do Norte impulsionado pela comunidade baseia-se no Programa Piloto para Imigração do Atlântico lançado em 2017 e facilitará a residência permanente de trabalhadores estrangeiros de vários níveis de qualificação em comunidades elegíveis nas seguintes províncias e territórios:

  • Ontário
  • Manitoba
  • Saskatchewan
  • Alberta
  • Columbia Britânica
  • Yukon
  • Territórios do Noroeste
  • Nunavut

O Immigration, Refugees and Citizenship Canada (IRCC) diz que as comunidades elegíveis serão cidade com 50.000 habitantes ou menos e localizada a pelo menos 75 quilômetros do centro de áreas metropolitanas com 100.000 ou mais habitantes, ou uma cidade de até 200.000 pessoas qualificada como remota.

Tal como o Atlantic Immigration Pilot (AIPP), o novo Rural e Northern Pilot operará em conjunto com os Programas Provinciais do Canadá.

A AIPP trabalha com empresas nas províncias do Atlantic Canada provinces of Nova Scotia, New Brunswick, Prince Edward Island and Newfoundland and Labrador para contratar trabalhadores estrangeiros para posições que não puderam ser preenchidas localmente.

Em 2018, o AIPP permitiu que as quatro províncias participantes endossassem 2.500 trabalhadores estrangeiros e estudantes internacionais para residência permanente. O IRCC não especificou uma cota para o novo programa piloto.

“Ao criar um programa piloto de imigração voltado para as comunidades rurais e do norte, procuramos garantir que os benefícios da imigração sejam compartilhados em todo o país”, disse o ministro do Immigration, Refugees and Citizenship Canada (IRCC) , Ahmed Hussen, no lançamento do novo programa  piloto em 24 de janeiro.

Bernadette Jordan, Ministra do Desenvolvimento Econômico Rural do Canadá, disse que a abordagem orientada pela comunidade é essencial.

“O programa piloto apoiará o desenvolvimento econômico de comunidades menores, testando novas abordagens voltadas para a comunidade para atender às suas diversas necessidades de mercado de trabalho.”

As comunidades têm até 1º de março para aplicar

O IRCC está atualmente buscando pedidos de comunidades elegíveis nas províncias e territórios identificados que gostariam de participar do programa piloto.

O IRCC diz que as comunidades interessadas devem trabalhar com uma organização de desenvolvimento econômico local para apresentar um requerimento que mostre que elas atendem aos critérios de elegibilidade do programa piloto e como a imigração promoverá as prioridades locais de desenvolvimento econômico.

Entre outros critérios, as comunidades selecionadas para participar do programa piloto de Imigração Rural e do Norte terão que demonstrar que têm oportunidades de emprego disponíveis e estarão ativamente envolvidas na correspondência dos candidatos à imigração aos empregos.

A IRCC diz que a comunidade local e a organização de desenvolvimento econômico serão responsáveis ​​pelo recrutamento e avaliação de candidatos à imigração com base nas necessidades econômicas locais e vagas de emprego, e na recomendação de candidatos selecionados para residência permanente.

As inscrições completas devem ser entregues até 1º de março de 2019, e as comunidades selecionadas para participar do piloto serão reveladas na primavera.

Informações sobre o processo de imigração para trabalhadores estrangeiros através do programa Piloto de Imigração Rural e do Norte serão anunciadas em 2019.

Mais informações sobre o processo de inscrição podem ser encontradas no site da IRCC .

LEIA TAMBÉM: ATENÇÃO | Aumento na comprovação financeira para imigrar para o Canadá

E se você está pensando imigrar para o Canadá? Saiba que nós somos especialistas em processos de imigração! E nós podemos te ajudar! Clique aqui e agende sua consulta agora

Escolha seu idioma:

Open chat